Ervas Aromáticas, Especiarias e Temperos: aromas e sabores





Realce o aroma e o sabor dos alimentos com estas pequenas e nutritivas dádivas da natureza.






Inicialmente convém explicar a diferença de nomenclatura para que não haja dúvidas sobre o tema: as Ervas Aromáticas são folhas de plantas frescas ou secas; as Especiarias são as partes aromáticas ou que produzem o cheiro nas plantas (brotos, frutos, bagas, raízes ou cascas); e os Temperos são as misturas de condimentos usados para realçar o sabor dos alimentos.
Pesquisas realizadas em universidades européias, asiáticas, americanas e brasileiras revelam que as ervas aromáticas, as especiarias e os temperos possuem princípios ativos com propriedades medicinais que ajudam a manter a saúde em dia, pois são ricos em nutrientes como vitaminas e sais minerais e, também, contém quantidades razoáveis de fibras. Com isso, além de dar aroma e sabor aos alimentos, sua utilização no preparo dos alimentos contribui para a redução do consumo de sal e auxiliam no processo digestivo.
Recomenda-se que as ervas frescas sejam picadas quase na hora de servir e sejam acrescidas aos alimentos no final do cozimento, para evitar a perda de sabor e nutrientes. As ervas secas devem ser acrescentadas no início do processo de cozimento, para que liberem aos poucos o aroma e as propriedades nutritivas.
Conheça, abaixo, alguns condimentos que você pode ter em casa cultivados em uma horta caseira ou adquirir em mercados e usar sempre que quiser para preparar um prato com um aroma e sabor especial:


Alecrim (Rosmarinum officinalis)
É digestivo e antioxidante, de origem mediterrânea, possui um sabor fresco e doce. É usado para realçar o sabor de batatas, manteigas aromatizadas, aves e carnes, principalmente porco e carneiro.
Sugestão de receita: Lombo com Molho de Azeitonas.


Alfavaca ou Manjericão Cheiroso (Ocimum basilicum L.)
É digestiva, antiflatulências, anticatarrais e antiasmática, originária do Brasil, possui um cheiro forte e ardente. É usada em carnes assadas, legumes cozidos, peixes ensopados, sopas e molhos.
Sugestão de receita: Vatapá.


Cebolinha ou Cerefólio (Anthriscus cerefolium)
Reduz a pressão arterial quando consumida em grandes quantidades por conter enxofre, originária do mediterrâneo, possui um aroma delicado que lembra levemente mirra. É usada em pratos com molho: omeletes, saladas, vinagretes, sopas, cozidos e carnes assadas.
Sugestão de receita: Penne aos Quatro Queijos.


Coentro (Coriandrum sativum)
É antioxidante, digestivo, auxiliar no tratamento da ansiedade e moderador de apetite, de origem africana, possui um sabor forte e marcante. É muito usado na culinária nortista e nordestina, realça o sabor de peixes e frutos do mar (folhas frescas) e molhos, sopas, carnes, legumes e aves (em grãos moídos ou socados).
Sugestão de receita: Bobó de Camarão.


Endro ou Dill (Anethum graveolens)
É diurético, sedativo e anti-espasmódico, de origem asiática, possui sabor suave e agradável. É usado para preparar arroz, sopas, saladas, queijos cremosos e peixes.
Sugestão de receita: Arroz à Piemontese.


Gengibre (Zingiber officinalis)
É antioxidante, de origem asiática, possui sabor picante. É muito usado na culinária baiana e japonesa, realça o sabor de picles, molhos, doces, bolos, pães, saladas e carne de porco.
Sugestão de receita: Bolo de Nozes.


Hortelã (Mentha spp)
É estimulante e digestiva, de origem mediterrânea, possui sabor levemente adocicado e refrescante. É a base condimentar da culinária árabe, usada no preparo de chás, sucos, cordeiro, assados, grelhados, saladas, molhos para carnes e massas.
Sugestão de receita: Quibe Frito.


Louro (Laurus nobilis)
É antioxidante, digestivo e antiinflamatório, de origem mediterrânea, possui sabor forte. É usado no preparo de feijão, sopas, frutos do mar, patês, lentilhas, ervilhas, cenoura, berinjela, carnes, aves, camarão, peixes cozidos e assados, molhos de vinagre e batata.
Sugestão de receita: Bacalhau à Zé do Pipo.


Manjericão (Ocimum basilicum)
É fortificante e antigripal, de origem indiana, possui aroma e sabor doce e picante. Pode ser usado para temperar saladas, carnes vermelhas, massas, omeletes, sanduíches e molhos de tomate.
Sugestão de receita: Salada de Alface com Gorgonzola.


Manjerona (Origanum majorana)
É expectorante, digestiva e cicatrizante, originária da África e Oriente Médio, possui aroma penetrante e sabor quente e levemente picante. É muito usada na culinária grega e italiana, realça o sabor de carnes vermelhas, aves, legumes, guisados, saladas sopas, molhos de tomate, pizzas, batatas, queijos, omeletes e no tempero de óleos e vinagres.
Sugestão de rceita: Patê de Ricota com Ervas Finas.


Orégano (Origanum vulgare)
É digestivo, antioxidante, antibacteriano, antibiótico, analgésico e sedativo, originário da Ásia Ocidental e Europa Mediterrânea, possui sabor forte e aromático. É usado em molhos a base de tomate, omeletes, assados, berinjela à parmegiana, massas, pizzas, queijos frescos, requeijão, saladas diversas, caldeiradas e alguns tipos de churrasco (carneiro e porco).
Sugestão de receita: Pizza de Calabresa.


Salsa (Petroselium crispum)
É antiinflamatória, digestiva e diurética, originária do sul da Europa, possui sabor suave. É usada em molhos, patês, saladas, legumes, peixes, omeletes, sopas e guisados.
Sugestão de receita: Batata Rösti.


Sálvia (Salvia officinalis)
É digestiva, antioxidante, antibacteriana e antibiótica, de origem mediterrânea, possui sabor delicado e aroma de cânfora. É muito usada na culinária alemã e escandinava, realça o sabor de salsichas, carnes bovina e suína ricas em gordura, pães, molhos, aves, peixes, carneiro e caças - diminui o sabor adocicado de algumas carnes.
Sugestão de receita: Bolo Salgado de Peru com Legumes.


Tomilho (Thymus vulgaris)
É digestivo, anti-séptico e expectorante, de origem mediterrânea, possui sabor delicadamente picante e amargo. É usado em marinadas, ensopados, molhos à base de vinho, sopas, aves, peixes, saladas e carnes.
Sugestão de receita: Frango com Ervas Finas.


Se você gostou deste artigo sobre Ervas Aromáticas, Especiarias e Temperos: aromas e sabores e quiser experimentar outros sabores de dar água na boca, basta navegar pelos marcadores listados na lateral direita do blog e bom apetite!!!

Imprimir esta página

Olá!!! Se gostou deste blog, receita ou artigo use este espaço para deixar seu comentário. Obrigada.

Postar um comentário

  © 2009-2017 Receitas Saborosas - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo  

Google+